IF Sudeste MG, destina R$5.017.873,46 para o atendimento aos estudantes em baixa condição socioeconômica.

Eficiência da Assistência Estudantil
23 de outubro de 2020
Entrevista: O Futuro do Trabalho
23 de outubro de 2020
Exibir tudo

IF Sudeste MG, destina R$5.017.873,46 para o atendimento aos estudantes em baixa condição socioeconômica.

Buscando contribuir com o acesso, a permanência e o êxito no processo de formação educacional dos estudantes, o IF Sudeste MG, destinou R$5.017.873,46 para o atendimento aos estudantes em baixa condição socioeconômica.

2019
Unidades de Ensino Despesa destinada ao programa de atendimento ao estudante
em baixa condição socioeconômica
São João Del Rei R$524.260,00
Santos Dumont R$398.223,00
Manhuaçu R$57.400,00 
Rio Pomba R$1.295.535,53
Barbacena R$1.620.870,00
Juiz de Fora R$976.381,40
Muriaé R$145.203,53
TOTAL R$5.017.873,46

4 Comments

  1. Natália Sousa disse:

    Boa tarde, Patrícia! Quem são os estudantes considerados de baixa condição socioeconômica? Os critérios são objetivos?

    • Patrícia Cervino disse:

      Oi Natália, muito obrigada por essa pergunta. Ajudou a ver que faltou essa informação sobre Assistência Estudantil. A intenção do site é essa: entender quais informações precisam ser mais claras e transparentes. Quanto ao seu questionamento, para o IF Sudeste MG, estudantes de baixa condição socioeconômica são aqueles que: “possuam renda familiar per capita de até um salário mínimo e meio, classificados por meio de estudo socioeconômico realizado por profissional de Serviço Social devidamente habilitado”.

  2. ANDERSON NOVAIS SOARES disse:

    Olá, Patrícia! Parabéns pelo trabalho! É uma ferramenta muito útil para a transparência e para esclarecer mais os estudantes e servidores sobre o que é e como funciona a concessão de bolsas de assistência estudantil.
    Como servidor do Campus Muriaé, me intrigou o fato de minha unidade ter destinado, em 2019, recursos à assistência estudantil em valores muito inferiores aos dos campi Santos Dumont e São João del Rei, que são equivalentes em tamanho.

    • Patrícia Cervino disse:

      Oi Anderson, obrigada pelos comentários. Tendo por fim verificar a forma de divulgação dos valores destinados à assistência estudantil, foram analisados – na minha pesquisa do mestrado – os relatórios de gestão do IF Sudeste MG no período entre 2015 e 2019. Contudo, tendo em vista que estes documentos não têm a mesma padronização, houve dificuldade para fazer um quadro comparativo das despesas destinadas à assistência estudantil, nesse período. Por isso, disponibilizei apenas os valores constantes no relatório de gestão de 2019.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *